Lipoaspiração e Lipoescultura

Lipoaspiracão e Lipoescultura

Lipoaspiração: é a retirada do acúmulo de gordura no tecido subcutâneo em diversas regiões do corpo através de uma cânula conectada em um aparelho de sucção.

Lipoescultura: e a retirada da gordura localizada através da técnica da lipoaspiração e reutilização de forma asséptica dessa gordura para preencher ou remodelar áreas do corpo, sendo o mais comum o aumento e remodelação dos glúteos. A gordura injetada em algum local do corpo pode ser reabsorvida pelo organismo e assim é impossível prever o percentual de permanência dessa gordura em qualquer área do corpo.

Indicação: Pacientes com peso próximo do ideal que apresentam acúmulo de gordura em abdômen, culotes, flancos, dorso, braços e coxas, que não diminuem com dieta e prática regular de atividade física e que tenham uma boa qualidade de pele ,isto é, sem estrias e sem flacidez da pele.

Atenção: A lipoaspiração e a lipoescultura não estão indicadas em caso de obesidade, não são cirurgias emagrecedoras, são indicadas para retirada de gordura localizada. Em casos de obesidade a conduta é emagrecer.

Pré-operatório: Realizar exames laboratoriais de sangue, eletrocardiograma e Rx de tórax; parar de fumar e suspender o anticoncepcional 30 dias antes da cirurgia.

Anestesia: Sedação com local ou sedação com peridural.

Duração da Cirurgia: 1 a 3 horas.

Técnica operatória

  • -incisões de 5mm a 8 mm;
  • -infiltração com solução de SF0,9% com adrenalina de 1:500.000;
  • – lipoaspiro com aparelho de vibrolipoaspiração.

Limites de Segurança: 5% a 7% do peso corporal é o que pode ser retirado de gordura na lipoaspiração.Pós-operatório: utilizar malha compressiva com almofada por 45 dias , realizar drenagens linfáticas, repouso por 10 a 14 dias, seguir a prescrição médica. Pode haver uma dor leve que melhora com o uso de analgésicos.

Resultado Definitivo: 6 a 9 meses é o tempo necessário para ocorrer o total desinchaço.

Riscos da Lipoaspiração/lipoescultura: Raramente a lipoaspiração traz sérias complicações, desde que realizada dentro de critérios técnicos. Isto se deve ao fato de se preparar convenientemente cada paciente para o ato operatório, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia simultaneamente a outras. O perigo não é maior nem menor que qualquer outra cirurgia eletiva, ou mesmo uma viagem de avião ou de automóvel, e até o simples atravessar de uma rua. Entretanto, é importante levar em conta, que grandes volumes retirados poderão determinar riscos, tanto no ato operatório quanto no pós-operatório. É consenso, na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que o volume total de gordura a ser retirado por sessão, não ultrapasse a 5 a 7% do peso corporal.

Segurança do paciente: Cirurgia em hospital especializado em cirurgias plásticas e utilização de meias antitrombóticas e aparelho de compressão pneumática intermitente (massageador das pernas) minimizam os riscos de qualquer complicação.

lipoaspiracao_web

Tratamentos Cirúrgicos

Optar por uma cirurgia plástica envolve muitos aspectos, o mais importante deles é selecionar o cirurgião de sua confiança, o segundo, é estar bem informado sobre o procedimento que você deseja realizar. Aqui você irá encontrar muita informação de uma forma simples e prática para que a sua decisão seja tomada de forma correta e com extrema segurança.